Mokininha

Como administrar melhor o dinheiro da minha empresa?

Estar à frente de uma empresa é um desafio e tanto. A gestão financeira, por exemplo, é uma das principais dúvidas dos empreendedores, especialmente para os que estão começando agora e têm muitas ideias, poucos recursos e uma grande responsabilidade nas costas. 
 
Em muitos casos, falta tempo e conhecimento para gerenciar, projetar e controlar as finanças do seu próprio negócio. Empreender requer muita dedicação e trabalho duro, mas com boas práticas, é possível sair do caos e ter a tão sonhada saúde financeira. Então, se você está se perguntando “como administrar melhor o dinheiro da minha empresa?”, dá só uma olhada nas dicas que separamos:
 
Comece tendo um bom plano de negócios
Antes mesmo da gestão financeira, é fundamental ter um plano de negócios para nortear todo o desenvolvimento e crescimento da empresa. Isso mesmo, é aquele documento recheado de informações sobre seu empreendimento. Nele devem constar quais são os valores, a missão, os objetivos, a proposta de valor, os detalhes sobre a concorrência, o cenário do produto, informações do mercado, as projeções e o custo da sua operação. Se sua empresa ainda não tem um plano de negócios, este é o momento. 
 
Consulte um contador
Esse será um grande aliado do seu negócio, especialmente se você tem pouco conhecimento financeiro. Esse profissional tem grande familiaridade com números e pode oferecer informações valiosas extraídas de seus balanços, planilhas de custos, faturamento e oportunidades de melhoria operacional. Além, claro, de dar uma super ajuda nas questões fiscais e tributárias. 
com números e pode oferecer informações valiosas extraídas de seus balanços, planilhas de custos, faturamento e oportunidades de melhoria operacional. Além, claro, de dar uma super ajuda nas questões fiscais e tributárias. 
Defina seu capital de giro
O próximo passo é determinar qual capital de giro é necessário para sua empresa se manter e crescer de forma sustentável. Essa reserva em caixa é composta pelas contas que têm “giro”, ou seja, que fazem parte do dia a dia e sustentam as operações do negócio, como pagamentos de fornecedores, estoques e salários. De vez em quando, sua empresa terá mais contas do que receita, mas tudo bem desde que você tenha capital de giro suficiente para cobrir as despesas nesse período. Esse planejamento é crucial para manter as finanças no azul. 
 
Controle o estoque e planeje o crédito com sabedoria 
O estoque tem tudo a ver com as finanças e é um grande vilão em algumas das empresas. Lembre-se de que os produtos armazenados são ativos, valem dinheiro e fazem parte dos esforços de administração. 
Já o crédito envolve juros e compromissos futuros que precisam ser bem planejados e estudados. É importante ter prudência, pois um passo em falso pode causar estragos nos resultados do seu negócio.
 
Use a tecnologia
Planilhas e softwares de gestão e de tarefas podem ser uma mão na roda para os empreendedores ao aliviar o trabalho pesado. Automatização fará você ganhar mais tempo e menos cabelos brancos na cabeça. A Moka Pay, por exemplo, tem tecnologias pensadas para ajudar empresas que estão com dificuldades financeiras. A Mokininha, permite a antecipação rápida das vendas feitas com cartão de crédito, uma excelente maneira de manter um bom fluxo de caixa. Já o Stoki, ferramenta inteligente, faz a gestão do estoque e sugere melhores compras e vendas de produtos. Você terá menos produtos parados (menos perdas financeiras) e ainda começará a vender mais. 
 
Bom, chegamos ao fim das dicas. Agora que você está craque sobre gestão financeira e administração de empresas, é hora de colocar a mão na massa. Não será fácil, mas o importante é dar os primeiros passos para garantir a saúde do negócio. E não deixe de buscar ajuda, seja de um contador ou de novas tecnologias que vão facilitar a sua vida. Se quiser conferir tudo o que a Moka Pay pode fazer para o seu negócio, entre em contato pelo Whatsapp (11) 91042-2751.